top of page

8 tendências de viagens para 2024



Chega a hora de refletir no que nós, da DUO, acreditamos que será tendência em 2024. Confira nossas 8 apostas de viagens baseadas nas cotações que recebemos, comentários dos agentes, além de tendências apontadas pelo anuário da ILTM Cannes (recém-publicado).

 

1. Sororidade (sempre) em alta

Viagens em grupo para lugares considerados perigosos, ainda que erroneamente, para se ir sozinha, mas superinteressantes para se embarcar em um roteiro guiado, como Índia, Cuba e Marrocos, por exemplo, na companhia de outras mulheres.


Mulheres são muito mais abertas, no geral, para viajar sozinhas e em grupo. Sem dúvida, as cores fortes dos sares, o brilho, aromas, tratamentos de spa, aulas de ioga e meditação são um grande chamariz para o público feminino quando falamos de Índia e subcontinente indiano.


Isso acontece também no Marrocos. Eu mesma, quando fui ao Marrocos há mais de 15 anos, embarquei somente com mulheres, com uma mochila nas costas e passagens de trens nas mãos. Fizemos as cidades imperiais e o deserto, uma experiência incrível, cheio de cores e sabores nos mercados e passeios cheios de descobertas, medinas adentro.


Quando uma mulher decide embarcar sozinha em uma viagem em grupo, divide-se experiências, sem dúvida se formam novas amizades e abrem-se novas portas para, inclusive, novos grupos se formarem rumo

a outros destinos.


Em breve mais detalhes da nossa terceira edição Índia só para as Mulheres com a SITA, em Setembro de 2024. Acompanhe nossas redes sociais!

 

2. Interesse por novos lugares, em destinos populares

Viajando para lugares comuns como a Turquia, por exemplo, a tendência crescente é de buscar lugares ou até experiências menos turísticas e com menos visitantes que proporcionem uma visita mais agradável e, que de fato, o viajante possa conhecer a cultura e o modo de vida das populações locais, muitas vezes, escondido por trás do véu do turismo massificado.


Quem sabe, um bom conselho para o agente é sair na frente e oferecer lugares assim, dentro de roteiros convencionais. Isso é um grande diferencial e, sem dúvida, fará a diferença na viagem do cliente.


Ainda falando da Turquia como exemplo, de acordo com o Moris, o brasileiro vai muito para Istambul e Capadócia, mas por que não ir também para outros lugares, mais exclusivos como a área da Mesopotâmia, a parte leste do país, e passear por ela de barco privativo, as guletas turcas?

 

3. Viagens para lugares remotos: desperte sentidos no isolamento

Alguns exemplos de imensos cenários nos quais a vista e a beleza não têm fim, sejam em dunas, como no deserto de Jaisalmer, (noroeste indiano); o oásis em Ouarzazate, no Marrocos; ou na exótica, histórica e imensa AUla, na Arábia Saudita, coroada por palmeiras, pinturas rupestres e grandes mausoléus antiquíssimos. Lugares assim, onde se pode evitar aglomerações até pela imensidão da natureza, estarão cada vez mais em alta, pois a sensação de privacidade e bem-estar é inigualável. 


A Atlas Voyages oferece viagens fora da rota comum no Marrocos. A Sita tem escritório próprio em Jaisalmer, considerada a cidade dourada da Índia. Já a 88 Destinations reserva viagens com experiências exclusivas em AlUla, Riade, Jeddah e arredores, incluindo até mesmo visita a povos tradicionais que vivem isolados em montanhas.

 

4. Aumento de preferência por viagens mais lentas

Fazer roteiros de viagens corridos estará cada vez mais fora de moda. Acordar devagar, curtir um spa premiado, serão práticas cada vez mais comuns em viagens com o intuito de apreciar verdadeiramente o lugar e sua cultura. Se oferecidas para clientes com orçamento mais elevado, esses tipos de viagens tendem a ser aceitas.


Também, por isso, muitos hotéis boutique e de luxo começam a oferecer a possibilidade de tomar café da manhã a qualquer hora. Temos dois lindos exemplos no Brasil: a Casa Turquesa, em Paraty e a Vila de Alter, em Alter do Chão, Amazônia paraense, dois parceiros dos eventos DUO connections.

 

5. Rotas do bem-estar: caminhadas, ioga e meditação

Pisar na terra, caminhar no seu ritmo, praticar ioga, meditar... essas atividades relacionadas com o bem-estar do corpo de da mente, vão ser cada vez mais tendência. Viagens com esse fim exclusivo tendem a aumentar.


Que tal ir para Rishikesh e hospedar-se no Divine, um hotel 4* de frente para o Ganges? Ou se for mais aventureiro um Ashram (casa remota de um guru espiritual)? Ou, quem sabe ainda, prefira os pacotes exclusivos do Ananda In the Himalayas? Ou ainda, busque ficar de frente para as montanhas, no Dwarikas Dulikhel, no Nepal, ou em Nagarkot.


Temos um grupo já com saída garantida para novembro de 2024 para Nepal e Índia, consulte-nos para mais informações: info@duonetwork.com.br

 

6. Preocupação com a sustentabilidade e formas de locomoção menos poluentes

Atividades que envolvam qualquer exploração com animais que antes eram vistas como legais e postadas no Instagram, como nadar com golfinhos em Punta Cana, subir o forte Amber, em Jaipur, no lombo de elefantes ou ainda passear de camelo, sobretudo para um público mais viajado e consciente, vai se tornar cada vez algo mais condenável.


Ou seja, o turista que busca viagens de alto padrão, vai cada vez mais buscar praticar a sustentabilidade, com o objetivo de molestar o menos possível o meio ambiente, sobretudo, millenials e geração Z.


Conheça um roteiro inspirador desenhado pela SITA, plenamente alinhado com esse conceito Eco Trip Sri Lanka! Todos os clientes DUO evitam dar como opção esse tipo de atividade pois são DMCs "animal friendly".

 

7. Viagens guiadas pelo sabor e gastronomia

Foi-se o tempo de comer em qualquer lugar em uma viagem, seja pela dificuldade em fazer reservas ou até mesmo de idiomas. Hoje em dia, com tantos recursos de tradução online e facilidades de reservas virtuais, os roteiros de viagens terão cada vez mais um espaço maior dedicado a gastronomia.


Seja em lugares como uma gastronomia autêntica, regional e milenar como Armênia, Geórgia ou Turquia, como para lugares que devido a força do capital e grandiosidade, conseguem atrair chefs renomados e reconhecidos internacionalmente como Dubai e África do Sul. 

 

8. Preferência por hotéis boutique e estilo glamping, quando possível

Hospedar-se em um hotel ainda mais especial será tendência nas viagens. A Pure Escapes fechou parceria com o White Desert – que é uma empresa que oferece voo desde Cape Town para a Antártica – para criar um roteiro, a partir de 7 noites, em campings de luxo, estilo cápsulas, que parecem vindas de outro planeta, com o intuito de desenvolver várias atividades em meio a essa paisagem glacial e super especial.


No deserto de Marrocos, incluindo Agafay, próximo a Marrakech, pode-se se hospedar em tendas luxuosas e assistir, tal como os beduínos, o por e o nascer do sol no deserto. Na Capadócia, não deixe de se hospedar em um hotel caverna - sempre fresco no verão e não tão frio no inverno. Há opções extremamente luxuosas como o The Museum Hotel. Na Índia, se em Jaipur ou Ramthambore, escolha as tendas dos icônicos hotéis Oberoi!


A DUO conta com parceiros que oferecem diferentes destinos com essas tendências, em 2024. Fale com a gente: info@duonetwork.com.br

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
bottom of page