top of page

Guia de CUBA: confira 5 dicas antes de viajar à ilha


o capitólio de Cuba e uma carro conversível azul

Viajar para Cuba é uma oportunidade de conhecer este polêmico país, sua cultura e, principalmente, compreender, ainda que em partes, essa realidade tão complexa. Mas antes é importante conferir 5 dicas que a DUO preparou e que são essenciais para você saber antes de fazer as suas malas e viajar à ilha.


O interessante de se observar é que essa, que é a maior ilha do Caribe, conta com uma diversidade de tipos de turismo. O viajante pode conhecer a história de Cuba, nadar em seu mar paradisíaco, conhecer a cultura do charuto, artes plásticas ou dançar salsa.


1. Como chegar?

Recomenda-se ir a Cuba de Copa Airlines, conexão no Panamá. Além do Aeroporto Internacional José Martí (HAV), em Havana, há outros aeroportos na ilha. A Copa Airlines tem 4 voos diários para Havana (HAV) e 2 voos para o aeroporto de Santa Clara (SNU), um às terças e outro às quintas-feiras, o que facilita explorar, por exemplo, os cayos (ilhotas) ao leste da capital.


2. Há voos domésticos?

Estão suspensos em Cuba, ou bastante irregulares desde março de 2020. A Caribbean Tours, por ser um DMC com foco em viajantes que buscam atendimento de alto padrão, sempre evitou recomendar rotas com voos domésticos em Cuba pela baixa qualidade das aeronaves, antigas e altos índices de cancelamento desses voos.


3. Aceita cartão de crédito?

No geral, cartões de crédito internacionais emitidos no Brasil são perfeitamente aceitos na ilha. Porém, somente os hotéis aceitam cartões de crédito como forma de pagamento. Em Cuba não são aceitos cartões de crédito emitidos nos Estados Unidos, pois o embargo norte-americano não permite que esses cartões funcionem em Cuba. Nos demais estabelecimentos, restaurantes privados, os famosos “paladares” a forma de pagamento é em dinheiro vivo: dólar, euro ou pesos cubanos – desde 2020, sendo essa é a única moeda emitida em Cuba.


4. Tem internet e chip para celular? Internet: Wi-Fi, geralmente ilimitado e gratuito nos hotéis. Chips de internet/celular podem ser comprados em Havana. Há uma loja no centro de Havana Velha, porém, o processo é demorado e não pode haver pré-compra pela Caribbean Tours, pois se exige o passaporte físico no ato da compra.


5. Precisa de VISTO ou outra documentação?

A venda do visto é realizado com a Copa Airlines, no check-in de embarque no Brasil, no aeroporto. O valor é somente de USD 20, podem ser pagos no cartão de crédito. Ou ainda, na porta de embarque para Cuba, no Panamá, também com a Copa Airlines, então o pagamento dos USD 20 é somente aceito em dinheiro. Outra forma de obter o visto é via consulado cubano, em Brasília ou em São Paulo. Porém, o processo é bem mais burocrático e caro, por isso, não é recomendado. Obrigatório viajar com seguro viagem a Cuba – não há exigência de cobertura mínima obrigatória. No pré-embarque deve ser preenchida a declaração de saúde: D’Viajeros (em função da Covid). Brasileiros ou viajantes que estiveram em zona endêmica, precisam viajar a ilha com o Certificado Internacional de Febre Amarela.


Quer saber onde se hospedar, além de outras informações sobre Cuba? É só ler esse manual com as perguntas frequentes. Conte com a Caribbean Tours para ter o melhor suporte na sua viagem.


 

Sobre Caribbean Tours:

É um DMC (Destination Knowledge Company) com escritórios em Cuba há 23 anos. É uma empresa de origem suíça, Serandipians e XO Private, presente em grande parte das feiras internacionais de luxo como Pure e ILTM Cannes. Tem uma equipe formada por europeus e cubanos que juntos desenvolvem roteiros com foco em FIT e grupos sob medida. Tem escritórios também na República Dominicana e México (onde faz Guatemala e Belize). Peça cotações com a caroline@duonetwork.com.br & sales@caribbeantours.ch

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
bottom of page